Policial

Acusado de matar irmãos em Capanema é preso após matar avó e neta no RS

Na terça-feira (30), a polícia de Caxias do Sul (RS) prendeu um homem identificado como Leandro Daniel Hoffmann, 31 anos, acusado de ter matado uma senhora identificada como Irene da Fonseca, 67 anos e sua neta Kauana de 16 anos.

Segundo o delegado Edinei Márcio Albarello que preside o inquérito policial, o crime teria ocorrido no dia 26, na comunidade de Marechal Floriano, município de São Marcos, na serra gaúcha, onde após um incêndio em uma residência foi encontrado o corpo de Irene, onde ela morava com netos e um filho.

Um neto de 7 anos informou que Kauana havia sido levada pelo homem que matou a avó e colocou fogo na casa, e a adolescente estava desaparecida desde então.

Segundo o delegado, Leandro passou a ser investigado como principal autor dos crimes e foi decretada sua prisão preventiva e ele foi preso na terça-feira em Caxias do Sul. Ele estava morando a algum em uma casa na mesma propriedade e no dia 26 teria incendiado a residência após ter matado a avó e sequestrado a neta.

Na segunda-feira (29) a polícia prendeu uma pessoa preventivamente que apontou o possível autor do crime. Ao ser preso a princípio ele negou o crime, mas acabou confessando que o corpo da adolescente estava em um riacho coberto com pedras.

Crimes em Capanema

Após identificado foi constatado que ele era foragido do estado Paraná, onde é acusado de ter cometido um crime em 2015 onde foram mortos dois irmãos identificados como Marcelo Floriano, 32 anos e Marcos Floriano, 38 anos, mortos com disparos de arma de fogo na comunidade de Linha Santa Maria, interior de Capanema. De acordo com a polícia, um deles ao ser socorrido e antes de morrer informou o nome do autor.

Desde então o acusado estava foragido, e foi preso após os dois crimes no estado do Rio Grande do Sul.

Ele deverá responder pelos crimes naquele estado e pelos crimes em Capanema no estado do Paraná.

Fonte PP News