Incêndio atinge Castelo de Shuri, patrimônio da humanidade, no Japão

Nesta quarta-feira, chamas tomaram conta do castelo, que é um patrimônio mundial da Unesco. A construção está situada na província de Okinawa, no sul do Japão. Segunda a rede 'NHK', não há informações sobre feridos.

A data da construção é incerta, mas o Castelo já estava claramente em uso durante o período Sanzan (1322-1429).

Por 450 anos a partir de 1429, ele foi a corte real e o centro administrativo do Reino de Ryukyu. Ele era o ponto focal do comércio estrangeiro, bem como o coração político, econômico e cultural dos nativos de Ryukyu. De acordo com registros, o Castelo de Shuri foi queimado algumas vezes, mas reconstruído todas as vezes.

Antes da Segunda Guerra Mundial, ele foi nomeado como um Tesouro Nacional do Japão. No entanto, durante a guerra, o exército japonês definiu sua sede no subsolo do castelo e, começando em 25 de maio de 1945, o navio de guerra americano USS Mississippi (BB-41) bombardeou-o por três dias. Em 27 de maio, ele foi incendiado.

Após a guerra, a Universidade Ryukyu mudou-se para o local do castelo, onde permaneceu até 1975. Em 1958, o portão shureimon foi reconstruído e, em 1992, o edifício principal do castelo foi reconstruído. Nos dias atuais, a área inteira ao redor do castelo foi estabelecida como Parque do Castelo de Shuri.

Em 2000, junto com outros gusuku e lugares a fim, ele foi designado como um patrimônio mundial da UNESCO.

 

Fonte: NHK News