Política

Salário de dezembro já está na conta dos servidores

O Governo do Paraná depositou o salário do mês de dezembro, que já está na conta dos servidores, aposentados e pensionistas do Estado. O 13º salário já havia sido pago em 4 de dezembro, injetando R$ 3,7 bilhões na economia do Paraná.

Normalmente, os vencimentos do funcionalismo são liberados no último dia útil do mês. De acordo com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, a antecipação do pagamento é possível graças ao cuidado com as contas públicas. “O corte de despesas e a reforma administrativa permitiram que o governo chegasse ao fim do ano com o caixa organizado, em um momento em que muitos estados têm dificuldade em pagar o salário em dia”, disse.

A gratificação atende principalmente o magistério estadual, maior quadro da administração pública do Paraná.  O Estado tem cerca de 300 mil servidores ativos, pensionistas e aposentados, com uma folha salarial mensal de R$ 1,83 bilhão. Além dos vencimentos do mês, também se soma à folha o pagamento o terço de férias dos funcionários que têm direito ao benefício.

REFORMAS – Para reduzir despesas de custeio, o governo estadual está adotando várias medidas. A primeira fase da reforma administrativa reduziu o número de secretarias de 28 para 15 e eliminou 339 cargos. Agora está em andamento a segunda fase do processo, que tem como foco a fusão e reestruturação de autarquias.

No Sistema Estadual de Agricultura a proposta prevê a fusão do Instituto Paranaense de Assistência técnica e Extensão Rural (Emater), do Centro de Referência em Agroecologia (CPRA), da Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) e do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) num único órgão, que se chamará Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná.

Na área do meio ambiente, também haverá integração de órgãos. A proposta é a criação do Instituto de Água e Terra, que integra o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), o Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná (ITCG) e o Instituto das Águas do Paraná.

QUADRO – O governo estadual também equacionou a reposição salarial de 2019, com a primeira parcela de 2% liberada em janeiro de 2020. No total, o Estado vai pagar 5,08% de reajuste.

Além disso, a atual gestão colocou em andamento concursos públicos para seleção de 2.560 policiais militares, 400 policiais civis (50 delegados, 50 papiloscopistas e investigadores), 96 peritos e médicos para a Polícia Científica, 1.269 agentes de cadeia, 400 profissionais da Saúde, 80 para a Agência de Defesa Agropecuária e 988 professores.

Também estão previstos concursos para contratação de servidores para o Quadro Próprio do Poder Executivo (QPPE), que inclui profissionais para a Administração Direta, para o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e para o Teatro Guaíra.